• by Brunelson

Joey Ramone: a dedicatória no álbum "Ya Know?"


* PARTE 01/02:


Em 2012, havia sido lançado postumamente o 2º e último álbum solo de Joey Ramone, “Ya Know?”.


Joey foi o vocalista da banda que criou o punk rock, RAMONES.


E no livrinho que acompanha esse álbum, consta uma dedicatória a Joey Ramone escrita por Stevie Van Zandt, que é um artista musical, produtor e guitarrista do grupo E STREET BAND, uma banda de apoio de vários cantores e artistas, como Bruce Springsteen, por exemplo.


Portanto, segue a dedicatória traduzida logo abaixo:



Nós só estávamos sentados lá no fundo da sala conversando sobre a cena musical e não falando nada em particular. Ele sempre foi do tipo que ficava debruçado sobre alguma estante ou sofá tentando esquecer que ele era mais alto do que todo mundo. Esta época aconteceu em algum momento nos anos 90, onde eu havia montado uma residência na casa noturna, Cat Club, localizada aqui em New York (mais para ajudar o vocalista, Michael Monroe, com a sua mais recente banda, DEMOLITION 23).


Não houve uma residência para um show semanal regular por um período prolongado aqui em New York, desde quando a banda NEW YORK DOLLS havia se apresentado no velho local chamado, Mercer Arts Center. O plano era fazer uma festa de dança punk e eu havia pedido a Joey para fazer uma apresentação com as suas canções, porque a sua bênção significava muito.


Havia sido apenas a 2ª vez que eu lhe pedia alguma coisa na vida, sendo que ele me deu um rápido "sim" ambas às vezes, como se estivesse realmente surpreso - porque ninguém lhe convidava para fazer nada.


A 1ª vez, foi para ele fazer uma participação especial no meu álbum, “Sun City”, que foi lançado em 1985 e que foi uma situação controversa naquele tempo, por se tratar de um disco em protesto referente ao Apartheid na África do Sul. A maioria dos músicos vivem pela antiga sabedoria do showbiz, que é de ficarem longe da política e religião, mas Joey não hesitou em aceitar esse pedido, porque ele realmente acreditava na democracia da África do Sul.


Se ele pensava sobre as consequências que os negócios poderiam acarretar na sua vida como um todo, Joey teria provavelmente concluído que ele não tinha muito a perder...


Os RAMONES foram os maiores em todos os lugares em que eles se apresentaram na sua cidade natal (New York), doesse o que tinha que doer. E como um cantor que ele nunca havia conseguido o respeito que merecia, o seu estilo vocal combinado com a música dos RAMONES absorveu toda a história do rock'n roll, além de introduzi-la para sempre às crianças as quais elas nunca poderiam saber ou se importar de onde essa coisa estava vindo, mas que mesmo assim, também poderiam identificar Joey como um dos seus.


Assim como os ROLLING STONES havia feito em mim quando eu era uma criança, Joey e os RAMONES também fizeram parecer fácil...


Quantos incontáveis anormais, excluídos da sociedade e desajustados, iriam encontrar a salvação, redenção e um santuário num estilo de vida que não fosse julgado pelos RAMONES? Uma forma de arte da classe trabalhadora que deixou todo mundo participar e que foi o nascimento da esperança para os desesperados.


Por causa dos RAMONES, dos ROLLING STONES e de todas as outras bandas renegadas que nasceram para serem perdedoras, mas que mesmo assim atingiram as probabilidades, de repente, todo mundo havia sido convidado para vencer.


Este 2º e último álbum solo de Joey, é uma surpresa final de um homem que iria surpreender todo mundo em uma regular base sonora - especialmente para o próprio Joey. Ele iria realizar os seus sonhos mais impossíveis, apesar de ser condenado pelos críticos de que ele não iria ter uma carreira como um todo.


Eles diziam: "Ele nunca será normal".


Bem, eles estavam certos sobre isso...


Joey levou consigo apenas 02 pessoas que acreditavam nele. Estas 02 pessoas iriam apoiá-lo desde quando se iniciaram os primeiros ensaios dos RAMONES, ignorando o que o mundo iria dizer e o que o mundo estava dizendo durante toda a sua carreira, sendo que Joey ainda iria justificar a sua fé e a de mais algumas milhares de pessoas no decorrer da sua vida.


A sua mãe, Charlotte, e o seu irmão, Mickey, estavam lá durante todo o caminho. Faça chuva ou faça sol, eles estavam o apoiando e você pode acreditar que os primeiros 25 anos da sua carreira musical, foram principalmente de chuva, sendo que Mickey continua até hoje trabalhando em seu legado e nós temos que lhe agradecer por isso.


E qual a melhor homenagem que poderia haver para Charlotte? Um arrojado 2º álbum solo de Joey Ramone para adicionar ao grande santuário de todos os futuros anormais.


Bem-vindo! Você encontrou um lar.


por: Stevie Van Zandt

Bairro Greenwich Village, New York

Fevereiro/2012



Confira o áudio de estúdio da música que abre esse disco, "Rock'n Roll is The Answer":

  • Facebook Social Icon
Mais Recentes
Destaques

2016 by RockInTheHead