top of page
  • by Brunelson

Eddie Vedder: "não quer dizer que estávamos brigando com o produtor Andrew Watt, porque foi bom termos sido empurrados e pressionados”, sobre o disco "Dark Matter"


Em abril de 2024, PEARL JAM lançou seu 12º álbum de estúdio, "Dark Matter", o primeiro disco da banda com o produtor Andrew Watt no comando.




Watt já havia trabalhado com o vocalista Eddie Vedder em seu álbum solo de 2022, "Earthling" (3º disco). Após ficar conhecido ganhando vários prêmios produzindo artistas da pop music, Watt estabeleceu-se como um cúmplice favorito da realeza do rock nos últimos anos, trabalhando com Iggy Pop, Ozzy Osbourne e o ROLLING STONES.


No entanto, apesar de Vedder já ter tido a experiência em lidar com Watt, a criação do álbum "Dark Matter" no estúdio não foi 100% tranquila. Isso levou o PEARL JAM ao seu limite do ponto de vista criativo e a dor valeu a pena devido ao resultado final.


Em uma nova entrevista com o radialista Zane Lowe da Apple Music, Vedder admitiu: “Para ser honesto, Andrew Watt estava começando a me irritar um pouco... Então, eu tentava fazer algo realmente bom, apenas para ele me dizer: ‘Vai se foder. Vamos fazer novamente'".


Remontando a um dia específico durante o processo de gravação, Vedder relembrou: “Eu disse a ele em outro dia: 'Olha, preciso de folga hoje à noite. Preciso dormir ou preciso fazer alguma coisa... Estou tentando ganhar 08 ou 10 malditas horas de descanso'. Só para esclarecer, porque já estávamos há 15 dias seguidos de apenas: 'Vai, vai, vai'".


Nesta fase, Vedder pediu a Watt para trabalhar em uma música com o guitarrista Mike McCready em vez de Watt trabalhar com ele (Vedder), ao que Watt respondeu: “Entendi. Eu entendo perfeitamente… Mas eu estou com você e ficarei mais 03 semanas com você, custe o que custar". Então, Vedder disse ao produtor: “Está tudo indo bem, mas algo vai quebrar aqui se as coisas continuarem nesse caminho".


Numa tentativa de impedir mais conflitos, Watt ofereceu a seguinte resolução (nas palavras de Vedder): “'Então, que tal isto? Você vai para casa às 22:00hs, mas antes de ir, se você pegar a ponte de tal música e depois outra parte para trabalharmos juntos… Quer saber, fique aqui conosco no estúdio e vamos gravar essa outra coisa'. Eu disse: ‘Tudo bem, me dê 10 minutos’. Eu entrei no estúdio, escrevi as letras, cantei aquelas partes e eu só queria dar o fora dali… Eu só precisava de 08 horas de descanso pra mim”.


Após o incidente, Vedder não sentiu que precisava pedir desculpas a Watt porque isso “era parte de ser pressionado e deveríamos ser pressionados”, o que acabou beneficiando o álbum. Vedder explicou: “Talvez quando você estiver começando a se sentir um pouco instável e vulnerável ou algo assim, essa poderia ser a abertura para acessar algumas das merdas mais profundas em você que normalmente estariam fechadas”.


Elaborando sobre como o incidente foi uma bênção disfarçada, Vedder concluiu: “Então, para que Andrew nos desse fogo, não quer dizer que estávamos brigando com ele, porque foi bom termos sido empurrados. E não acho que parte disso teria acontecido da maneira que aconteceu se não tivéssemos sido pressionados”.




Confira a faixa-título do álbum "Dark Matter" lançada como single do disco:








Comments


Mais Recentes
Destaques
bottom of page