• by Brunelson

Audioslave: "Chris Cornell criava melodias a partir do éter"


Tom Morello, guitarrista de bandas como AUDIOSLAVE, RAGE AGAINST THE MACHINE e PROPHETS OF RAGE, revelou por que o vocalista Chris Cornell escreveu canções "aterrorizantes" e "lindas" no AUDIOSLAVE - em recente entrevista ao radialista Howard Stern.


* Tom Morello: explicando por que não corta as pontas das cordas de sua guitarra

Seguem alguns trechos:

Tom Morello: E aqueles 03 álbuns do AUDIOSLAVE... Chris era um amigo e enquanto ele era um companheiro de banda, eu nunca deixei de ser um fã dele e de sua habilidade de criar melodias a partir do éter.

Morello: Quer fossem alguns acordes simples, como na música "Like a Stone", ou algum riff pesado e complicado, ele criava sem esforço algo que era bonito ou assustador.


Howard Stern: Foi um ajuste para você, quando de repente estava trabalhando com um novo vocalista?

Morello: Sim, com certeza... Quero dizer, não tanto trabalhando por ser um novo vocalista, mas trabalhando com um cantor melódico. Os seus pontos fortes estavam na melodia, o que realmente desafiava e pressionava todos nós da banda (baixista Tim Commerford e baterista Brad Wilk).

Morello: A música que fazemos no RAGE AGAINST THE MACHINE é tipo James Brown, onde tudo se resume a um, tipo, é a mesma batida e ritmo motriz que vem junto, porque é rap com o excelente vocal punk rock de Zack de La Rocha.

Morello: Já com Chris Cornell no AUDIOSLAVE, para permitir que ele brilhasse, tinha que ter esse contraponto harmônico para que a música "Like a Stone" se tornasse no que foi... São alguns acordes simples, mas que permitem que a bela voz de Chris voe.


"Like a Stone" (1º disco, "Audioslave", 2002)


  • Facebook Social Icon
Mais Recentes
Destaques