Rage Against The Machine: guitarrista revela o significado das letras da canção "Killing in The Name"

August 22, 2020

 

Durante uma recente conversa com a revista Rolling Stone, o guitarrista do RAGE AGAINST THE MACHINE, Tom Morello, relembrou - dentre vários assuntos que o site rockinthehead está publicando em partes - os primeiros dias de sua jornada musical, o desenvolvimento do seu estilo característico, a amizade com os membros da banda TOOL, bem como sobre a clássica música de sua banda, "Killing in The Name" (1º disco, "Rage Against The Machine", 1992).


Segue o trecho da entrevista onde Morello comenta sobre a canção "Killing in The Name":

 

Jornalista: Eu acredito que as pessoas estavam gritando as letras da música "Killing in The Name" no recente protesto na cidade de Portland...

 

Tom Morello: Bom, quero dizer (citando a letra desta canção): "Foda-se, eu não vou fazer o que você está me dizendo", é um sentimento universal e embora seja uma letra simples, acho que é uma das mais brilhantes do vocalista Zack de la Rocha para mim e a letra se refere a Frederick Douglass (abolicionista, estadista e escritor americano do século 19).

 

Morello: Frederick Douglass disse que o momento em que ele se tornou livre não foi o momento em que ele foi fisicamente solto de suas amarras, mas foi o momento em que os mestres (senhores) disseram "sim" e ele disse "não".

 

Morello: E essa é a essência da letra desta música, sabe? É por isso que é encorajador ouvir as pessoas gritando essas letras para outras situações de suas vidas. 

 

 

Jornalista: O que você se lembra sobre a criação dessa música do início ao fim? Eu sei que nesta época você estava descobrindo como tocar guitarra na afinação em drop D...

 

Morello: Sim, eu estava dando aulas de guitarra neste período para um músico local de Los Angeles, tipo, ele era um talentoso músico e eu estava mostrando a ele como tocar na afinação em drop D. Maynard James Keenan (vocalista da banda TOOL) foi quem me ensinou como tocar na afinação em drop D, então, logo se tornou parte do meu repertório.

 

Morello: É apenas uma espécie de sugestão para padrões diferentes aos seus dedos... Me lembro que criei o riff inicial da canção "Killing in The Name" e originalmente era para ser uma música instrumental. Tem um show do RAGE AGAINST THE MACHINE na internet, que foi a nossa primeira apresentação como banda, onde abrimos este show com uma versão instrumental da canção "Killing in The Name".

 

Morello: Tim Commerford (baixista) veio com aquele baixo muito legal que balança a multidão e ficou na música desde sempre, e então, Zack a juntou com as letras históricas que você ouve até hoje.

 

Morello: Na verdade, nem deixamos a letra desta canção no encarte do nosso 1º álbum, porque a maioria das letras eram somente duas linhas, com uns 16 "foda-se" e 01 "filho da p...". Nós estávamos no meio de toda aquela retórica poesia política e queríamos apenas deixar que ela se posicionasse por si mesma.

 

Morello: Me lembro de Michael Goldstone, que era a pessoa da gravadora que cuidava das relações públicas da banda, que queria tirar essa parte da música quando fosse lançada no disco.

 

Morello: Mas nos sentíamos muito confiantes na época e decidimos que as letras deveriam permanecer do mesmo jeito quando fosse lançada.

 

Realmente, eu tenho este álbum original na minha casa e no encarte do disco a banda colocou as letras de todas as músicas, menos da canção "Killing in The Name".

 

E o site rockinthehead tinha publicado recentemente uma matéria exclusiva sobre este 1º show do RAGE AGAINST THE MACHINE que Tom Morello comentou nesta entrevista. É só conferir logo abaixo:

 

* Rage Against The Machine: confira o 1º show da banda (vídeo completo)

 

Segue o videoclipe da música "Killing in The Name":

 

Confira as outras matérias que o site rockinthehead está publicando, sobre as recentes entrevistas que Tom Morello concedeu para as revistas Rolling Stone e Premier Guitar:

 

* Tom Morello: falando sobre mais pedais de distorção para guitarra que ele usa

 

* Tom Morello: revelando qual foi o seu momento de epifania no rock'n roll

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

  • Facebook Social Icon
Mais Recentes

Butch Vig: renomado produtor escolhe disco do The Who como o álbum definitivo que mudou a sua vida

September 29, 2020

1/5
Please reload

Destaques
Please reload

2016 by RockInTheHead