Chris Cornell: performance emocionante da canção "Hunger Strike" para os seus filhos em 2007

July 24, 2020

 

Chris Cornell, nascido em 1964, estará eternamente ausente fisicamente do mundo da música desde a sua trágica morte em 2017. O enigmático vocalista foi realmente um artista único que quebrou barreiras com o SOUNDGARDEN, TEMPLE OF THE DOG, AUDIOSLAVE e bem como uma carreira solo frutífera.

 

Esta filmagem emocionante de Cornell cantando a clássica canção do TEMPLE OF THE DOG, "Hunger Strike", para seus pequeninos filhos que se juntaram a ele no palco durante uma apresentação com a sua banda solo em 2007 (foto), mostra que homem de família ele era e como os seus filhos eram realmente o seu mundo.

 

Com os seus filhos ao seu lado, Cornell estava em seu elemento absoluto, fazendo o que ele amava com as pessoas que mais amava, num momento que é uma das coisas mais gloriosas que você já viu na carreira do cantor e uma maneira perfeita de lembrar das duas facetas de Cornell: personalidades como um deus do rock e a pessoa orientada para a família que ele se tornou, quando estava fora dos palcos.

 

"Hunger Strike'' é uma de suas músicas mais pessoais, uma canção que veio de um lugar de dor em seu coração, se tornando em um dos seus números mais comoventes durante os shows, onde aqui é trazido ainda mais à tona quando Cornell está entregando a canção do seu coração para os seus amados filhos.

 

Como todos sabem, TEMPLE OF THE DOG foi um projeto cercado de tristeza, que começou quando Chris Cornell escreveu duas músicas em homenagem a seu amigo e companheiro de apartamento, o ex-vocalista do MOTHER LOVE BONE, Andrew Wood - que tinha falecido de overdose de heroína em março de 1990. 

 

Wood foi mantido em vida através das máquinas hospitalares por 03 dias depois da overdose, período que Cornell o visitou. Wood estava nesta promissora banda de Seattle junto com os futuros membros do PEARL JAM, o guitarrista Stone Gossard e o baixista Jeff Ament, que depois do seu falecimento, estavam formando uma nova banda que antes se chamava MOOKIE BLAYLOCK e participaria da formação do TEMPLE OF THE DOG, junto com Cornell e o baterista do SOUNDGARDEN, Matt Cameron.

 

"Hunger Strike" seria a última música que foi gravada para este álbum do TEMPLE OF THE DOG, o qual foi criado para prestar homenagem a Wood. Segundo entrevistas da época, Cornell a compôs, porque o grupo tinha gravado 09 músicas para o disco e Cornell admitiu que tinha uma aversão compulsiva por números ímpares - e que acabou sendo o single do álbum. 

 

Ao descrever esta canção no livro PJ20 (que marca os 20 anos do PEARL JAM), Cornell disse: “Eu queria expressar gratidão pela minha vida, mas também desdém pelas pessoas que não são suficientes e que querem mais dos outros... Não há como realmente ter muito mais do que você normalmente precisa, ainda mais quando você tenta tirar de outra pessoa que não pode se dar ao luxo de doar o que ela tem a você. É como tirar vantagem de uma pessoa ou pessoas que realmente não possuem nada".

 

Assista a rara filmagem abaixo, que mostra Cornell e seus filhos criando uma memória que, sem dúvida, ficará com a família Cornell para sempre. A apresentação foi em 2007 na cidade de Seattle:

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

  • Facebook Social Icon
Mais Recentes

Grunge: Top 50 melhores álbuns pela Revista Rolling Stone - nº 22

August 5, 2020

1/5
Please reload

Destaques
Please reload

2016 by RockInTheHead