• Estácio S. Filho

Dave Grohl: falando sobre o álbum de estréia do Foo Fighters e primeiros dias no Nirvana


Dave Grohl foi entrevistado recentemente pela Billboard e falou mais sobre o 25º aniversário do álbum homônimo de estreia do FOO FIGHTERS e seus primeiros dias no NIRVANA.


Grohl admitiu que quando ele se juntou ao NIRVANA e eles se tornaram "realmente enormes muito rapidamente", ele ainda estava inseguro por achar que não era suficientemente bom para a banda.


Seguem alguns trechos:


"Bom, quero dizer, quando entrei no NIRVANA eu era o 5º baterista a passar pela banda, certo? Eles tiveram uma equipe de bateristas antes de mim e alguns deles eram muito bons, sabe? Então, quando eu entrei no grupo, não conhecia Krist Novoselic e Kurt Cobain..."


"Quando nos conhecemos e começamos a tocar, ficou claro que quando nos reuníamos para tocar, funcionava muito bem e tocávamos do jeito que a maioria das pessoas conhecem agora como o NIRVANA soa".


"Fazia quase exatamente 01 ano antes do lançamento do álbum 'Nevermind' quando entrei na banda (2º disco do NIRVANA, 1991) e depois que este álbum foi lançado, foi como se as coisas acontecessem muito rapidamente... A banda ficou muito grande, cara".


"Porque todas as bandas em que tinha participado antes, estava com amigos que eu conhecia há muito tempo e então, há alguma segurança nisso. Mas quando você se junta a uma banda em que não conhece ninguém e está começando a se conhecer, isso soa muito bem quando você toca música, você está começando a se conhecer, mas não há uma conexão pessoal profunda, você me entende? E então, a banda se torna realmente enorme muito rapidamente e você fica nervoso em não querer ser demitido ou se o grupo fosse parar com as atividades... Claro que eu não queria ser demitido e estava fazendo o meu melhor para impedir que essa banda desaparecesse, mas havia essa insegurança real que eu tinha, tipo: 'Eu não sou bom o suficiente. Eles vão encontrar outra pessoa para colocar no meu lugar'".


Grohl continuou: "Eu fui de um adolescente todo bagunçado para então estar nessa banda que era enorme. E de repente, tudo acabou e estava tentando construir a minha vida novamente com as lições que eu tinha aprendido através de tudo o que passei no NIRVANA".


Ele complementou: "Alguns jornalistas na época me diziam coisas do tipo: 'Como você se atreve a tocar música depois do NIRVANA?' E eu pensava: 'Mas o que eu devo fazer então?'"


"Sabe, nós tentamos muito fazer da maneira certa com o FOO FIGHTERS... No início com o FOO FIGHTERS, em vez de participarmos de uma turnê abrindo para uma grande banda de arena, pensamos: 'Ok, vamos entrar numa van e fazer a turnê do jeito que sempre fizemos. Vamos iniciar do jeito que sempre começamos', e aquilo foi confortável para nós, sabe?"


Grohl concluiu: "E ao fazer qualquer publicação na imprensa, não fizemos um videoclipe logo de cara, pois tentamos moderar as coisas para que não se tornasse novamente em algo assustador. Eu sabia que seria analisado e observado pelas pessoas e mídia sobre o FOO FIGHTERS. Eu sabia que seria examinado e que haveria comparações desse tipo... Sim, foi difícil na época".


Confira o áudio de estúdio da canção "Good Grief", lançada neste álbum de estreia do FOO FIGHTERS:

  • Facebook Social Icon
Mais Recentes
Destaques

2016 by RockInTheHead