• by Brunelson

Ramones: matéria secundária de capa da 89 Revista Rock em 2000 - Parte 3 (última)


Lá em 2000, a revista brasileira 89 Revista Rock havia publicado uma matéria secundária de capa sobre os RAMONES (foto), onde foi sintetizada toda a história da banda, de sua discografia e relato de quem assistiu 03 shows do grupo que criou o punk rock.


Confira a 3ª e última parte desta matéria, onde o autor comenta brevemente sobre a discografia dos RAMONES:



Álbum: "Ramones" (1º disco, 1976)


Clássico absoluto do punk destilado em 14 canções em pouco menos de 30 minutos. A música "Blitzkrieg Bop" traz o grito de guerra "Hey, Ho! Let's Go!". Por outro lado, a canção "Now I Wanna Sniff Some Glue" foi acusada de incentivar as pessoas a cheirar cola.


"Now I Wanna Sniff Some Glue"

Álbum: "Leave Home" (2º disco, 1977)


RAMONES mantém o nível do disco anterior. O reconhecimento chega com a ajuda das músicas "Gimme Gimme Shock Treatment" e "Pinhead", com o seu segundo famoso grito de guerra "Gabba Gabba Hey!". A canção "Carbona Not Glue" foi tirada da versão americana do disco sob pressão da gravadora que via na letra outra apologia à cheiração de cola. A música aparece na versão inglesa.


"Gimme Gimme Shock Treatment"

Álbum: "Rocket to Russia" (3º disco, 1977)


É um dos álbuns preferidos pelos fãs. O grupo estava no auge da criatividade e fez músicas maravilhosas como "I Don't Care" e os covers alucinados de "Surfin' Bird" e "Do You Wanna Dance". Há também a clássica canção "Sheena is a Punk Rocker" e é também o primeiro disco dos RAMONES produzido pelo baterista Tommy Ramone.


"I Don't Care"

Álbum: "Road to Ruin" (4º disco, 1978)


Marca a entrada do baterista Marky Ramone e pela primeira vez o grupo faz músicas com mais de 03 minutos. Destaques para as canções "I Wanna Be Sedated", "She's The One" e o cover "Needles & Pins".


"She's The One"

Álbum: "It's Alive" (disco ao vivo, 1979)


Primeira gravação ao vivo da banda. Foi lançada oficialmente só na Europa. O show foi gravado em Londres, no Rainbow Theatre, na virada de 1977 para 1978. Ao vivo, RAMONES apresentou versões mais alucinadas e selvagens de seus clássicos. Destaques para as músicas "Rockaway Beach", "Judy is a Punk", "Cretin Hop" e o cover "California Sun".


"Rockaway Beach"

Álbum: "End of The Century" (5º disco, 1980)


O famoso produtor Phil Spector, que já trabalhara com feras como ROLLING STONES e BEATLES, é chamado. Spector mexe no som e faz um trabalho diferente nas gravações. Destaques para as canções "Do You Remember Rock'N'Roll Radio" e "Rock'N'Roll High School".


"Do You Remember Rock'N'Roll Radio"

Álbum: "Pleasant Dreams" (6º disco, 1981)


Bom disco com uma sonoridade bem mais pop que o habitual. Destaques para as músicas "We Want The Airwaves" e "The KKK Took My Baby Away".


"We Want The Airwaves"

Álbum: "Subterranean Jungle" (7º disco, 1983)


Retorno à sonoridade mais suja do começo da carreira. O disco marca a saída do baterista Marky Ramone, que só participou das gravações. Destaques para as canções "Psycho Therapy", "Outsider", "Time Bomb", a balada "My My Kind of Girl" e o cover de "Time Has Come Today".


"My My Kind of Girl"

Álbum: "Too Tough To Die" (8º disco, 1984)


Richie Ramone (baterista desde a turnê do álbum anterior) assume as baquetas em sua primeira gravação e o disco é quase heavy metal. "Durango 95" é a primeira música instrumental do grupo e é utilizada para abrir vários shows dos RAMONES. Músicas pesadas como "Mama's Boy" e o hardcore "Wart Hog", com o baixista Dee Dee Ramone fazendo um vocal alucinado, dão o tom ao disco.


"Mama's Boy"

Álbum: "Animal Boy" (9º disco, 1986)


O mesmo peso do álbum anterior. Pela primeira vez abordam um tema político. A canção "Bonzo Goes to Bitburg" critica o então presidente dos EUA, Ronald Reagan, por ter visitado e prestado honras a uma sepultura de heróis de guerra nazistas.


"Bonzo Goes to Bitburg"

Álbum: "Halfway to Sanity" (10º disco, 1987)


Último trabalho com o baterista Richie Ramone. É um disco bom, apesar de ter sido gravado num clima ruim devido aos problemas com o baixista Dee Dee Ramone. Destaques para as músicas "I Wanna Live", "Garden of Serenity" e "I Lost My Mind".


"Garden of Serenity"

Álbum: "Ramonesmania" (coletânea, 1988)


Ótima coletânea com os maiores sucessos até então, como as músicas "I Wanna Be Sedated", "Pinhead", "Blitzkrieg Bop" e outras...


"I Wanna Be Sedated"

Álbum: "Brain Drain" (11º disco, 1989)


Um dos maiores sucessos da banda devido a canção "Pet Sematary". É o último disco com o baixista fundador Dee Dee Ramone, considerado pelos fãs o mais carismático da banda. O baterista Marky Ramone está de volta, desde a turnê do álbum anterior.


"Pet Sematary"

Álbum: "All The Stuff and More - Vol. 1" (coletânea, 1990)


Disco duplo com os dois primeiros álbuns acrescido de algumas músicas inéditas, como "I Can't Be" e "I Don't Wanna Be Learned / I Don't Wanna Be Tamed".


"I Can't Be"

Álbum: "All The Stuff and More - Vol. 2" (coletânea, 1991)


Este 2º volume, igualmente duplo, conta com o 3º e 4º álbum também enriquecido com algumas músicas inéditas, como "Slug", "I Don't Want To Live This Life" e "Yea Yea".


"Yea Yea"

Álbum: "Loco Live" (disco ao vivo, 1992)


O segundo disco ao vivo dos RAMONES. Também marca o primeiro lançamento com o baixista CJ Ramone na banda - no grupo desde a turnê do álbum "Brain Drain". Destaques para as canções "Pet Sematary", "Ignorance is Bliss" e "Somebody Put Something in My Drink".


"Somebody Put Something in My Drink"

Álbum: "Mondo Bizarro" (12º disco, 1992)


Outro grande sucesso com direito a 03 videoclipes sendo exibidos quase que diariamente na MTV. Ótimo disco com a participação do guitarrista Vernon Reid (LIVING COLOUR) na canção "Cabbies on Crack" e um grande cover para a música "Take it as it Comes", do THE DOORS. Outros destaques são as canções "Poison Heart", "Strenght to Endure" e "Touring".


"Cabbies on Crack"

Álbum: "Acid Eaters" (13º disco, 1993)


É o álbum de covers feito pelos RAMONES. No disco, eles prestam homenagem aos ídolos ROLLING STONES, THE BEACH BOYS, THE ANIMALS e entre outros. Há participações de alguns artistas, como a do guitarrista do THE WHO, Pete Townshend. Destaques para as músicas "My Back Pages" (Bob Dylan), "Have You Ever Seen The Rain" (CREEDENCE) e "Journey to The Center of The Mind" (THE AMBOY DUKES).


"Journey to The Center of The Mind"

Álbum: "Adios Amigos" (14º disco, 1995)


É o último álbum de estúdio. Os componentes dão um fim à banda e deixam isso bem explícito no título do disco que é também uma homenagem aos fãs latinos. O saudoso Dee Dee Ramone comparece como compositor em 06 músicas. Destaques para as canções "Scatter Gun", "Born to Die in Berlin" e "She Talks to Rainbows".


"She Talks to Rainbows"

Álbum: "Greatest Hits Live" (disco ao vivo, 1996)


Terceiro disco ao vivo da banda e lançado após o final do grupo. Além de vários clássicos ramônicos ao vivo, o disco traz a versão da música "Spider Man" e duas gravações em estúdio das canções "Any Way You Want It" (cover de Dave Clark Five) e "Ramones", uma homenagem composta e gravada anteriormente pelo MOTORHEAD.


"Spider Man"

Álbum: "We're Outta Here" (disco ao vivo, 1997)


Um dos últimos shows dos RAMONES. O disco foi gravado ao vivo com várias participações especiais como Eddie Vedder (vocalista do PEARL JAM), Chris Cornell e Ben Shepherd (vocalista e baixista do SOUNDGARDEN), Lemmy Kilmister (vocalista/baixista do MOTORHEAD), do pessoal do RANCID e do velho companheiro Dee Dee Ramone. Destaques para as músicas "Love Kills", "53rd & 3rd", "Chinese Rocks" e "Ramones".


"Chinese Rocks"

Álbum: "Ramones Anthology" (coletânea, 1999)


Coletânea dupla com os maiores sucessos do grupo. Há um belo livreto com a história da banda ilustrada com várias fotos. Destaques para as canções "I Wanna Be Your Boyfriend", "Sheena is a Punk Rocker" e "Surfin' Bird".


"I Wanna Be Your Boyfriend"

Confira a 1ª e 2ª parte desta matéria, que o site rockinthehead já tinha publicado:


* Parte 1


* Parte 2

  • Facebook Social Icon
Mais Recentes
Destaques

2016 by RockInTheHead