• by Brunelson

Foo Fighters: "compor a canção 'This is a Call' foi como um despertar"


Dave Grohl foi recentemente entrevistado pela revista New Music Express e falou sobre o 25º aniversário do álbum homônimo de estreia de sua banda, FOO FIGHTERS. Ele descreveu a música "This is a Call" como "um despertar".


Grohl refletiu sobre como escrever e compor algumas das músicas mais antigas do FOO FIGHTERS provou ser um “exorcismo” do sofrimento que ele experimentou após a morte do colega de banda do NIRVANA, Kurt Cobain.


Ele disse que compor a canção "This is a Call" - o primeiro single do grupo - permitiu que ele passasse por um "despertar" depois que Cobain faleceu em abril de 1994.


Seguem alguns trechos:


“A maioria das músicas desse primeiro disco já existiam há algum tempo e outras eram mais novas. A música 'This is a Call' é provavelmente a única canção que eu tive uma sensação diferente quando a criei... Foi um pouco mais edificante do que as outras músicas que eu tinha composto antes, sabe? E especialmente após a morte de Kurt, 'This is a Call' foi como uma renovação ou um despertar, onde eu realmente senti alegria em tocar esta canção e escrever as letras. Então, é estranho, porque quando você está naquele momento e está em um período de perda, tristeza ou luto, é como se você pegasse um instrumento e isso simplesmente se espalhasse fazendo benfeitorias em seu corpo".


"E isso serve como um exorcismo, onde é bom porque você está eliminando muitos desses sentimentos, mas também foi uma chatice no começo. Toda vez que eu pegava uma caneta ou um violão e começava a escrever algo, era deprimente... Depois de um tempo, eu ficava, tipo: 'Oh, Deus. É tudo o que tenho?'"


"E então 'This is a Call' surgiu, algo assim que realmente me fez sentir bem. Até uma música como 'Good Grief', eu acho que pode ser uma canção que também surgiu depois do fim do NIRVANA. Provavelmente foi criada depois que Kurt faleceu e tenho certeza que sim, pelo menos as letras foram criadas depois... Mas esta música foi criada para representar a 'alegria' da tristeza, de certa forma, apenas me sentindo bem por me sentir mal”.


Grohl também se abriu logo após a morte de Cobain, lembrando como ele viajou para o Reino Unido para fazer uma pausa na música.


"Depois que Kurt faleceu, houve um período em que todos se esconderam do mundo e nosso mundo inteiro virou de cabeça pra baixo. Então, houve tristeza e luto. Todos nós nos reunimos e me lembro de sair com Krist Novoselic, onde nós dois nos certificamos de que estávamos bem. E então eu viajei um pouco e fiz uma viagem ao Reino Unido. Eu não sei, apenas dirigia, pensava bastante e finalmente comecei a receber ligações de pessoas para perguntar se eu queria tocar bateria com eles ou me juntar a outra banda, mas eu simplesmente não via isso acontecendo na época".


"E na época do NIRVANA eu sempre chegava em casa das turnês e gravava músicas sozinho, mas esse sentimento tinha sumido depois, sabe? Eu realmente não queria compor ou ouvir música, muito menos participar de uma banda e tocar em uma. Então, foi estranho quando a sua vida é arrancada de você assim. Acho que ninguém pensa muito sobre o que virá a seguir numa situação dessas..."


Grohl finalizou: “Eu estava preso naquele momento, mas por fim, me levantei do sofá e pensei: 'Ok, eu sempre gostei de tocar música e sempre gostei de compor e gravar músicas para mim. Então, sinto que preciso fazer isso só por mim'”.


Só lembrando que o FOO FIGHTERS foi recentemente forçado a reorganizar a sua próxima turnê pelos EUA e Europa, assim como o lançamento do novo álbum de estúdio (e que será o 10º disco) e outros compromissos, devido a situação atual de pandemia.


Confira o áudio de estúdio da canção "This is a Call", citada por Dave Grohl nesta entrevista e que foi lançada no 1º álbum do FOO FIGHTERS:

  • Facebook Social Icon
Mais Recentes
Destaques

2016 by RockInTheHead