• by Brunelson

Fucked and Bound: bandas atuais de Seattle mantendo o legado rock - Parte 2


Se você não consegue entender o significado do nome deles, FUCKED AND BOUND é uma banda hardcore feminista agressiva e irritada que não tem nenhum problema em deixar transparecer em seu rosto musical. As suas músicas, que têm uma duração média de cerca de 01 minuto e meio, cobrem tudo, desde a raiva esquerdista ao pavor existencial, vício em pornografia e abordagens punidoras em seu leque.


Durante os seus explosivos shows, a vocalista Lisa Mungo "se perde" totalmente na música, enrolando-se no cabo do microfone, gritando e se contorcendo no chão enquanto arranca as suas roupas - e as pessoas do público se escalando uma nas outras.


Entre todos os comentários e rosnados, a banda disse uma vez em entrevista que quer "desafiar as construções que mantêm as pessoas para baixo, como o capitalismo, patriarcado e depressão".


"É maravilhoso estar aqui no meio da água", diz o guitarrista Brian McClelland sobre o conhecido clima chuvoso de Seattle. "Às vezes fica tudo meio escuro e sombrio, mas muita cultura musical ainda está aqui, sabe? Parece estar em transição, pois várias bandas estão se transformando e se reformando. Bandas punk mais jovens estão borbulhando e substituindo alguns ex-grunges de raiz".


O guitarrista finalizou: "É incrível fazer parte de uma comunidade movimentada pela bricolagem".


FUCKED AND BOUND possui 01 álbum de estúdio lançado em 2018, "Suffrage".


Confira o áudio da canção "Abuse of Registry":

Conheça a outra banda de Seattle que o site rockinthehead já publicou referente a esta matéria especial:

* SANDRIDER

  • Facebook Social Icon
Mais Recentes
Destaques

2016 by RockInTheHead