• by Brunelson

Nirvana: breve análise de quase todas as canções - "Big Long Now"


O site rockinthehead resolveu cavucar o baú e iniciou uma saga, onde iremos analisar quase todas as músicas (e covers) que pudemos encontrar do NIRVANA e da 1ª banda de Kurt Cobain, FECAL MATTER - apresentando breves resenhas sobre as mesmas.


Só destacando que as montagens, faixas e semi-faixas que foram lançadas no disco solo póstumo de Kurt Cobain em 2015, "Montage of Heck", resolvi deixar de lado.


Sem nenhuma ordem qualitativa ou cronológica, segue o breve parecer sobre a canção "Big Long Now":



Música: "Big Long Now"

Disco: "Incesticide" (3º trabalho de estúdio, 1992)


Esta é uma canção que ficou de fora do álbum de estréia, "Bleach" (1989), sendo lançada posteriormente no disco de lados-b, sobras de estúdio e covers, "Incesticide".


Uma das poucas músicas do NIRVANA que soa arrastada, lenta e comprida. Kurt canta com uma seriedade que era só dele nos versos, mergulhando no vocal jovial da era "Bleach" nos refrões, para terminar a canção do mesmo jeito que iniciou.


Chad Channing é o baterista nesta música (que gravou a bateria na maioria das canções do álbum "Bleach" e fez a turnê do mesmo).


Esta e várias outras músicas pré-fama do NIRVANA sempre irão criar insights no imaginário dos fãs, tentando desvendar como elas soariam ao vivo (de vez em quando, num show aqui, outro lá) se a banda continuasse em atividade nos anos 90...

Confira a breve análise da outra canção que o site rockinthehead já publicou:

"Escalator to Hell"

  • Facebook Social Icon
Mais Recentes
Destaques

2016 by RockInTheHead