• by Brunelson

Chris Cornell: revelado o último e-mail para o Soundgarden referente ao processo judicial


O último e-mail divulgado publicamente de Chris Cornell ao colega de banda do SOUNDGARDEN, o guitarrista Kim Thayil, vazou em uma nova declaração que envolve o processo do SOUNDGARDEN contra Vicky Cornell (viúva).


Vicky alega que o SOUNDGARDEN está retendo pagamentos de royalties e que certas músicas não lançadas (que iriam entrar no álbum interrompido do grupo) não são propriedade deles, enquanto o SOUNDGARDEN acredita que é sim de sua propriedade.


No ofício do processo, Thayil disse: "A música 'Stone Age Mind' foi trazida ao SOUNDGARDEN por Chris Cornell pouco antes de sua morte, mas o mesmo pretendia que ela fosse uma canção do SOUNDGARDEN para o novo álbum planejado. Chris me enviou um e-mail datado de 03 de março de 2017, no qual ele afirma sobre esta música: ‘Preciso de vocês para que soe bem… Eu acho que precisamos trabalhar nela com todos nós em uma sala. Depois de cantar o refrão, não tinha certeza do que fazer com esta canção, então, com todos os 03 integrantes será diferente... De qualquer forma, vamos melhorar quando entrarmos no estúdio'".


Thayil concluiu: "Com base nisto, acredito que os arquivos de áudio dessa música possuem as partes instrumentais de cada membro, assim como os vocais que foram executados exclusivamente por Chris”.


Também no mesmo ofício, o baterista Matt Cameron disse em sua declaração sobre o álbum inacabado (e que seria o 7º disco): “No final de 2015 e início de 2016, retornamos ao estúdio em Seattle para continuar trabalhando em nosso novo álbum. Em um esforço para terminar o disco, reservamos mais sessões de gravação para vários dias no estúdio Strange Earth em Seattle, durante agosto/setembro de 2016 e janeiro de 2017. No final de abril de 2017, nos reunimos novamente em Seattle para mais um tempo no estúdio. Interrompemos a nossa sessão de estúdio no mês de abril de 2017 em Seattle, para iniciar uma turnê nacional que começou em 28 de abril de 2017".


Durante o processo, foi revelado que Vicky está processando a banda no Estado da Flórida, alegando que Chris gravou suas partes lá (onde também tinha residência), o que significaria que as leis nesse Estado se aplicariam ao seu caso.


Cameron ainda notificou: "Quando Chris morreu, ele possuía gravações digitais de várias faixas das 07 músicas citadas em questão, todas pelo seu próprio selo, Unreleased Sound Recordings, bem como muitos outros arquivos de áudio gravados pelo SOUNDGARDEN destinados ao novo álbum de estúdio interrompido do SOUNDGARDEN. Estes arquivos foram nomeados como 'Album Files'".


Cameron continuou: "O 'Album Files' foram armazenados em pelo menos um (e talvez mais) laptops de Chris e talvez em outros computadores ou dispositivos de Chris, porque ele estava trabalhando em suas partes vocais e instrumentais para as novas faixas durante a turnê (usando o método de 'overdubbing'). Por respeito à família de Chris, os membros da banda SOUNDGARDEN e toda a nossa equipe, prontamente organizaram a entrega de todos os pertences pessoais de Chris a Vicky Cornell, incluindo o seu laptop. Infelizmente, subsequentemente percebemos que Chris possuía as únicas versões com várias faixas existentes das 07 gravações da Unreleased Sound Recordings, que incluem os overdubs vocais e instrumentais de Chris, além de outros arquivos exclusivos do 'Album Files'”.


Cameron afirmou mais tarde: “Todo o 'Album Files', incluindo as gravações não lançadas, são materiais do SOUNDGARDEN. Isso é facilmente comprovado por evidências abundantes, incluindo e-mails entre os membros da banda do SOUNDGARDEN (incluindo Chris) trocando arquivos de áudio e letras, metadados de arquivos através do Dropbox e outras evidências tangíveis, como gravações de áudio 'ao vivo' completas do SOUNDGARDEN trabalhando e tocando as músicas nos estúdios em Seattle".


Cameron finalizou: "O 'Album Files' não foram 'gravados' exclusivamente por Chris na Flórida em 2017, nem foram 'exclusivamente gravados' por ele. Muitos do 'Album Files' são anteriores a 2017, por exemplo: a faixa 'Ahead of The Dog' havia sido executada pelo SOUNDGARDEN muito antes. Entendo, inclusive com base em minhas comunicações com Chris e no conhecimento do seu estilo de trabalho, que o trabalho de Chris nos overdubs vocais e instrumentais do 'Album Files' ocorreu em vários locais, incluindo Seattle e na estrada durante as turnês. Sei também que Chris costumava trabalhar em seu estúdio pessoal de gravação na sua casa que ele também tinha na cidade de New York”.


O site rockinthehead vem acompanhando esta situação. Você pode conferir clicando nos títulos abaixo:


* Soundgarden: viúva de Cornell processa a banda; revelado os nomes das canções inéditas


* Soundgarden: filha de Cornell posta comentários brutos em rede social à esposa de Vedder


* Soundgarden: baterista é bloqueado pela viúva da rede social de Chris Cornell


* Billy Corgan: sua opinião sobre o processo da viúva de Chris Cornell contra o Soundgarden


* Soundgarden: banda tinha ficado sabendo da morte de Chris Cornell via redes sociais

  • Facebook Social Icon
Mais Recentes
Destaques

2016 by RockInTheHead