Grunge: Top 50 melhores álbuns pela Revista Rolling Stone - nº 44

August 10, 2019

 

Fonte: Revista Rolling Stone

 

44) Banda: SKIN YARD

Disco: "Hallowed Ground" (2º álbum, 1988)

 

A gravadora que lançou esse disco do SKIN YARD, Toxic Shock Records, havia soltado uma nota na época do seu lançamento, dizendo: "Mais psicose fluorescente do próprio SKIN YARD de Seattle, encharcado de ácido", mas é provável que não houvesse uma terminologia real para a música da banda naquele momento. 

 

Com os vocais guturais do vocalista Ben McMillan, a sonoridade impressionista da guitarra de Jack Endino e os arranjos focados no ritmo que o baixista Daniel House emitia, o álbum "Hallowed Ground" soa mais astuto e soturno do que as bandas que apareceram na coletânea da Sub Pop em 1986, "Deep Six", o documento seminal do grunge. 

 

O guitarrista Jack Endino, mesmo cara que produziu o 1º disco do NIRVANA, "Bleach" (1989), havia dito em entrevista uma vez: “O álbum 'Hallowed Ground' é o SKIN YARD em nosso estado mais original. Nós estávamos com um baterista na época, uma espécie de um garoto do rock e ex-punk, Scott McCullum, que realmente acendeu um fogo e elevou tremendamente o nível de energia, mais por não se concentrar tanto em tocar com cuidado, deixando o som mais thrash e barulhento”.

 

Endino produziu esse disco na mesma mesa de 08 canais que usou para gravar o álbum "Bleach" do NIRVANA, mas graças à ferocidade da banda, esse disco do SKIN YARD não poderia soar mais alienígena. 

 

Canções como "Open Fist" e "Needle Tree", são músicas chocantes sem riffs reais, sendo que a faixa-título, "Hallowed Ground", é um rock and roll emparelhada com baterias tribais. 

 

Endino continuou falado nesta mesma entrevista: “Para os caras da Sub Pop, éramos uma coisa meio BLACK SABBATH ou algo assim, tipo, não éramos alternativos o suficiente. Eu acho que, do ponto de vista deles, estávamos um pouco perto demais do heavy metal, sabe?” 

 

Lembrando que Jack Endino gravou ou produziu álbuns definidores da era grunge, de bandas como: MUDHONEY, SOUNDGARDEN, SCREAMING TREES e NIRVANA. 

 

O 1º baterista do SKIN YARD foi Matt Cameron (SOUNDGARDEN, PEARL JAM e TEMPLE OF THE DOG), sendo que ele foi convocado logo de cara para integrar o SOUNDGARDEN, quando a sua notável técnica de bateria saltou aos olhos de Kim Thayil e Chris Cornell (guitarrista e vocalista do SOUNDGARDEN).

 

Em paralelo, o vocalista Ben McMillan, que morreu por diabetes em 2008, fundou a banda GRUNTRUCK, cujo álbum "Push" (2º disco, 1992) é um dos clássicos esquecidos da cena grunge de Seattle.

 

"Needle Tree"

 

Confira também:

 

50) MOTHER LOVE BONE, "Apple" (1º álbum, 1990)

 

49) TOADIES, "Rubberneck" (1º álbum, 1994)

 

48) FECAL MATTER, "Illiteracy Will Prevail" (fita demo, 1986)

 

47) THE U-MEN, "Step on a Bug" (1º álbum, 1988)

 

46) VERUCA SALT, "American Thighs" (1º álbum, 1994)

 

45) THE STOOGES, "Fun House" (2º álbum, 1970)

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

  • Facebook Social Icon
Mais Recentes

Soundgarden: viúva de Cornell processa a banda; revelado os nomes das canções inéditas

December 11, 2019

1/5
Please reload

Destaques
Please reload

2016 by RockInTheHead