• Estácio S. Filho

Stone Temple Pilots: "Scott amava a vida, mas também era autodestrutivo"

O baterista do STONE TEMPLE PILOTS, Eric Kretz, falou sobre as mortes de Scott Weiland e Chester Bennington em uma nova entrevista para o site rock.com.ar.


Weiland foi o vocalista original da banda, enquanto Bennington o substituiu de 2013 à 2015.


Jornalista: Weiland e Bennington morreram em circunstâncias diferentes, mas ambos estavam lutando internamente. Você acha que houve paralelos entre as mortes deles?


Kretz: Pense, é difícil dizer, porque Scott era muito complexo e Chester também. Eles eram 02 seres humanos excepcionais e é muito difícil saber o que estava acontecendo na cabeça de Weiland. Ele amava a vida, mas também era muito autodestrutivo. Ele estava lidando muito com os seus conflitos internos e infelizmente, Scott foi vencido...



Jornalista: Ou seja, você não percebeu muitas coincidências em cada um...


Kretz: Os paralelos são que ambos foram muito criativos e afetuosos, mas seus problemas eram completamente diferentes. Ambos tiveram uma enorme porcentagem de criatividade e foram uma grande inspiração como vocalistas, bem como pessoas muito bonitas por dentro que perdemos nos últimos anos. Você sabe o que é a única coisa que eu espero? Que todos vocês continuem se lembrando de como Scott e Chester foram maravilhosos e talentosos.


Confira uma performance do STONE TEMPLE PILOTS com cada vocalista. Scott Weiland cantando a música "Meat Plow" (2º disco, "Purple", 1994) e Chester Bennington levando os vocais na canção "Out of Time" (lançada no único trabalho de estúdio do cantor com o grupo, o EP "High Rise", 2013):

  • Facebook Social Icon
Mais Recentes
Destaques

2016 by RockInTheHead