• by Brunelson

Rage Against The Machine: "não faça tudo o que todos pedem para fazer"


O guitarrista do RAGE AGAINST THE MACHINE, Tom Morello, foi recentemente entrevistado pelo site Volume West e falou sobre a sua 1ª banda, LOCK UP, um grupo do qual ele era membro de 1989 a 1990. A banda lançou um disco pela Geffen Records em 1989, "Something Bitchin’ This Way Comes", e eles foram "largados" pela gravadora.


“A lição que aprendi quando estive na banda LOCK UP... Não faça tudo o que todos pediam para fazer (gravadora, empresários e pessoas da indústria musical)".


"E quando fomos despejados, acho que a banda conseguiu um cheque de U$ 1.000 mil dólares, dividido entre 04 pessoas e o nosso empresário".


“Eu já tinha desistido, porque tive um contrato de gravação e falhei nisso. Eu tive a minha oportunidade artística e falhei com ela".


“Então, eu fiz um voto solene. Me lembro do dia em que o LOCK UP se rompeu... Estava sentado no meu apartamento em Los Angeles e fiz um voto solene para mim: 'Bem, se com o LOCK UP eu não for a pessoa que vai gravar discos, não vou ser uma estrela do rock como eu lia nas revistas sobre o KISS quando era criança, então, eu vou fazer uma promessa para mim mesmo: nunca vou tocar uma música em que eu não acredito'".


"É isso aí! Então, eu vou pelo menos fazer isso. Aquela polegada de integridade tem que ser minha e isso não pode falhar novamente. Se eu agir assim, a responsabilidade fica inteiramente comigo".


"E foi aí que comecei a compor alguns dos riffs que se tornaram o 1º disco do RAGE AGAINST THE MACHINE (homônimo, 1992)".


Confira o áudio de estúdio da canção "Township Rebellion", lançada nesse disco de estreia do RAGE AGAINST THE MACHINE:

  • Facebook Social Icon
Mais Recentes
Destaques

2016 by RockInTheHead