Costume Blue: lançando single do vindouro álbum

December 14, 2018

 

Banda de São Paulo/SP, COSTUME BLUE lançou recentemente o novo single, "Febre", que fará parte do 2º álbum de estúdio a ser lançado em 2019, "Ausência".

 

Confira antes o release da banda, os contatos em redes sociais e o videoclipe oficial da canção "Febre".

 

 
Costume Blue é blues. Mas não só.
Rock e pop vêm a reboque. E o fundamental: sem decalque.
O Costume “costumiza”.

 

Depois do álbum de estreia ("Costume Blue", 2016) em que já se destacava por não fazer cópia do blues americano, a banda COSTUME BLUE transborda limites. Difícil imaginar que rock e blues estejam na mesma frequência do baião de Luiz Gonzaga, por exemplo. É preciso estar diante do palco para se convencer de que modo o grupo desfia com naturalidade a linha sonora em que ritmos nordestinos e até o “rock jovem guarda” parecem parentes de primeiro grau do blues.

 

Mas o resultado não é uma colcha de retalhos. Se em linguagem de alfaiate costume é o terno sem colete, o grupo oferece ao ouvinte uma roupa sem os pontos do traçado. E a banda encontrou em sua nova formação maior ganho no apuro sonoro. A sensibilidade já presente nas composições do primeiro álbum amarrou-se com experiência para levar ao palco um show que cativa o ouvinte tanto pela força rítmica quanto pela beleza das melodias.

 

O sotaque alagoano de Marcelo Bulhões (voz, guitarra, violão dobro, harmônica) junta-se à veia potente do baterista de “escola heavy” de Cristiano Araújo.  “Desconfiava que a viola de repentista nordestino do Marcelo combinaria com minha pegada de roqueiro nervoso”, graceja Cristiano. E enquanto a batera de Cristiano põe o som do COSTUME BLUE pra frente – sacode o público – os teclados de Ricardo Marins fazem um alinhavo melodicamente cirúrgico. Mas ao seu lado está um baixista exímio, Celso ‘Blues’ Ferreira, esbanjando técnica e potência. Para selar o figurino, a guitarra experiente e com solos “na medida certa” de Alessandro Sá.

 

Histórico do Grupo

 

COSTUME BLUE foi formado em 2016, a partir de remanescentes que buscavam fundir o blues com a tradição da música nordestina e da canção brasileira. A elaboração deste álbum esteve eivada de uma clara convicção estética: a noção de “customização” musical traduzia um estágio em que os caminhos do blues, da canção e da “raiz” brasileira se cruzavam de modo bastante natural. Depois do álbum, a banda produziu clipes e lives cuja totalidade atingiu cerca de 75.870 visualizações no You Tube. Realizou algumas apresentações, como o show de estreia do primeiro álbum no SESC.

 

Relação dos integrantes:

 

Alessandro Sá – guitarra solo
Celso Blues Ferreira – contrabaixo
Cristiano Araujo – bateria
Marcelo Bulhões – voz, guitarra, violão dobro, harmônica
Ricardo Marins – teclados

 

COSTUME BLUE está disponível nas principais plataformas de streaming.

 

Spotify: https://open.spotify.com/album/10pANvIchkY3qYwvyPwtEU

 

Deezer: https://www.deezer.com/br/album/12485254

 

iTunes: https://itunes.apple.com/us/album/id1085424775

 

Google Play: https://play.google.com/store/music/album?id=Bdtr3empcsghzuetjhqyjyj57le

 

Site: http://www.costumeblue.com/

 

Facebook: https://www.facebook.com/costumeblue/

 

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

  • Facebook Social Icon
Mais Recentes

John Frusciante: "abordagem somente em solos de guitarra é um beco sem saída"

December 10, 2019

1/5
Please reload

Destaques
Please reload

2016 by RockInTheHead