Nirvana: exigência de camarim bizarra em 1993

November 24, 2018

 

Um novo artigo do site UBSpectrum, detalhou as negociações para trazer o NIRVANA à arena da Universidade de Buffalo, em 1993. A universidade renegociou os termos (pagou um cachê à banda bem abaixo do convencional) e prometeu um "massoterapeuta" para o grupo.

 

Uma estudante também falou da exigência de camarim do NIRVANA, semelhante ao que o VAN HALEN havia feito uma vez. Foi em relação às balas M&M's, explicando que o VAN HALEN fez um pedido de M&M's para garantir que todos os protocolos de segurança tivessem sido seguidos, então, o NIRVANA provavelmente o fez pela mesma razão - já que não seria um local usual onde os shows aconteceram.

 

É 1993, e Kim Greenfield está sentada no chão da sala, falando ao telefone com os advogados do NIRVANA.

 

Ela está vasculhando 30 páginas de papelada para a apresentação da banda grunge na universidade - em plena turnê pelos EUA divulgando o seu mais novo álbum, "In Utero" (4º e último trabalho de estúdio, 1993) - quando vê um detalhe interessante nos pedidos da banda.

 

NIRVANA pediu vários sacos de balas M&Ms, todas as cores, exceto verde.

 

Como diretora do antigo Sindicato de Atividades da União Universitária, Greenfield supervisionou uma equipe só de estudantes e ajudou a criar eventos no campus.

 

Mas em 5 de novembro de 1993, seu trabalho era dizer a sua equipe para sacar centenas de M&Ms verdes do suprimento de doces do NIRVANA.

 

"Alguém teve que sentar e tirar todos os verdes", disse Greenfield. “É meio que uma peça de artistas sendo mimados ou sendo um pouco grande para as suas calças quando se tornam famosos”.

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

  • Facebook Social Icon
Mais Recentes

Black Flag: vocalista Henry Rollins relembra como entrou na banda

September 24, 2020

1/5
Please reload

Destaques
Please reload

2016 by RockInTheHead