• by Brunelson

Pearl Jam: baixista revela quanto ganhava por mês no início de carreira


Jeff Ament revelou quanto ganhava por mês quando era baixista do MOTHER LOVE BONE e no primeiro ano e meio no PEARL JAM, ao ser contratado para gravar os álbuns de estreia de, respectivamente, “Apple” (1990) e “Ten” (1991) - quando havia sido entrevistado pelo programa The Powell Movement.


"Nós não sabíamos o que estávamos fazendo naquela época, então, assinamos um contrato para gravar um disco por U$ 250.000 mil dólares, mas o nosso selo disse que a maior parte do dinheiro iria para os custos de gravação. Eu acho que no final ficamos com uns U$ 50.000 mais ou menos, e aquilo tinha que durar uns 18 meses. Depois de pagar algumas despesas, funcionários e etc., cada um da banda ganhava uns U$ 400 dólares por mês”.


“Ganhávamos mais um pouco com os nossos shows, mas eu ainda tinha que manter o meu trabalho de carteira assinada o quanto eu pudesse, sabe? Todos da banda tinham pequenos trabalhos secundários para se manter... Foi a mesma coisa no começo do PEARL JAM quando assinamos o nosso contrato, penso que ganhávamos uns U$ 600 dólares por mês. Eu ainda morava no mesmo estúdio por onde vivi por muito tempo, até 01 ano e meio quando já estava no PEARL JAM".


Em Setembro/1989, o MOTHER LOVE BONE entrou no estúdio para gravar o seu álbum de estreia com o produtor Terry Date na Califórnia. A banda terminou o álbum em Novembro/1989 no London Bridge Studio, em Seattle. Andrew Wood morreu em Março/1990, atrasando o lançamento do álbum para Julho. MOTHER LOVE BONE foi a 2ª banda de Seattle a assinar com uma grande gravadora.


PEARL JAM se formou no Outono/1990 sob o nome MOOKIE BLAYLOCK e gravou/lançou o seu disco de estreia em 1991.

  • Facebook Social Icon
Mais Recentes
Destaques

2016 by RockInTheHead