• by Brunelson

Pearl Jam: Top 25 as mais “bandidas” – 3ª Parte

O site Rock in The Head comunica: para que a letra tenha o impacto e poder desejado ao ouvinte, é necessário ler a tradução das letras junto com a música. Pois uma das características dessa banda é fazer com que a melodia e a dinâmica da canção acompanhem o momento lírico, junto ao seu estado de tensão ou de satisfação. Ler a letra não estando acompanhado da música não terá o mesmo efeito.

Nesta 3ª parte, seguem as músicas mais bandidas (lados-b, raridades, sobras de estúdio) do PEARL JAM. Já que só existem listas Top 10 das mais conhecidas, hits e singles pela internet e revistas por aí afora - e como existe muita música boa dessa banda - vai um Top 25 mesmo (a ordem das músicas não é por qualidade das mesmas e sim, por ordem cronológica de lançamento):

17) “Breakerfall” (Álbum: “Binaural” – 6º disco, 2000) = com uma grande saudação ao THE WHO na intro, aqui está mais um rock clássico com a cara do PEARL JAM - mas aqui essa música tem algo de diferente... Em vez dela ser tocada com os acordes clássicos do punk rock (power chords), na verdade é tocada em forma de riffs isolados, tendo assim uma levada bem diferenciada em se tratando de uma canção rockzera. Quando tocada nos shows ela simplesmente se transforma em uma Sra. música! Nas letras, Eddie está parafraseando em outros termos a mensagem do beatle, John Lennon, que cantava: “Tudo o que você precisa é o amor”.

16) “Save You” (Álbum: “Riot Act” – 7º disco, 2002) = forte e quebraceira para sacudir qualquer esqueleto em qualquer momento do show. Empolgante do começo ao fim! Detalhe para a parte da canção onde ficam somente o baixo e a bateria, com o vocal de Eddie entrando na sequência... Ao vivo essa parte é muito mais longa do que a versão de estúdio, deixando a música mais empolgante ainda! Letra muito clara, se referindo a um amigo que não quer se ajudar - pelo fato desta pessoa estar se afundando nas drogas? Pode ser...: “Me ajude, para que eu possa te ajudar”, canta o vocalista.

15) “You Are” (Álbum: “Riot Act” – 7º disco, 2002) = me lembro como se fosse ontem quando escutei esse álbum e canção pela 1ª vez. O PEARL JAM ainda mostrando e trazendo para nós, fãs, um som totalmente novo e diferente de tudo o que eles já haviam feito antes. As guitarras estão “desossando” a música com o pedal de distorção para guitarra “tremolo” se destacando. Não adianta explicar o poder desta canção... É melhor escutar e viajar sozinho para entender. A letra se refere a um relacionamento de amor com metáforas sobre o atentado de 11 de Setembro/2001 em New York (Torres Gêmeas).

14) continua...

Não acompanhaste a 1ª e 2ª parte desse mini episódio? É só clicar logo abaixo:

1ª parte: https://www.rockinthehead.com/single-post/2017/07/10/Pearl-Jam-TOP-25-as-mais-bandidas

2ª parte: https://www.rockinthehead.com/single-post/2017/11/01/Pearl-Jam-Top-25-as-mais-%E2%80%9Cbandidas%E2%80%9D-%E2%80%93-2%C2%AA-Parte

  • Facebook Social Icon
Mais Recentes
Destaques

2016 by RockInTheHead