• by Brunelson

Nirvana: encontro de Kurt com criança terminal e momento épico com Vedder


A baterista do HOLE, Patty Schemel, falou mais sobre o falecido frontman do NIRVANA, Kurt Cobain, e sobre o vocalista do PEARL JAM, Eddie Vedder, de uma história para tentar marcar um encontro com uma criança portadora de doença terminal – conforme relatado em seu novo livro autobiográfico, “Hit So Hard”.


"Uma noite eu me encontrei com Kim Warnick (vocalista e baixista da também banda de Seattle, FASTBACKS) e ela estava me contando uma história sobre um evento de uma fundação de caridade que estava tentando organizar. Uma criança do nosso bairro estava com uma doença terminal e queria conhecer Eddie Vedder, mas ele estava em turnê com o PEARL JAM naquele tempo. Então, ela estava pensando se Kurt poderia estar disposto a se encontrar com a criança”.


“Eu disse a ela que iria falar com Kurt e 02 dias depois, a criança junto com a sua família apareceram no estúdio para conhecer Kurt e assistir ao processo de gravação do álbum que o HOLE estava preparando. Foi outro lembrete de que a cena em Seattle estava fazendo um grande impacto mundial, porque a criança sabia tocar todas as músicas que o NIRVANA havia lançado em seus discos até então".


Em outra história, Vedder e Cobain tiveram um encontro particular na mídia quando se uniram no MTV Video Music Awards em 1992. Foi num momento em que uma câmera nos bastidores os flagraram dançando juntos lentamente.


Vedder havia dito numa conferência de imprensa em 2011 na cidade de Toronto - quando estavam promovendo o documentário que celebra os 20 anos de carreira do PEARL JAM, chamado “PJ20", dirigido pelo famoso diretor, Cameron Crowe: “Eu estou vendo essa filmagem pela 1ª vez hoje".


Cobain e Vedder conversaram um com o outro enquanto dançavam, numa época em que a mídia fazia questão em gerar intrigas entre as 02 bandas, proclamando que cada um eram os verdadeiros reis da cena grunge.


Crowe também falou em outra conferência de imprensa: "Sobre o que eles falaram nem Vedder se lembra, conforme ele mesmo disse no documentário”.


Vedder também havia dito naquela mesma conferência: "Por 01 segundo a câmera está desfocada e então você vê Kurt me olhando e eu olhando para ele. Me lembro da voz dele, mas não sobre o que conversamos... Estávamos dançando porque no palco acima de nós ERIC CLAPTON estava fazendo a sua performance. Esta cena representa um momento poderoso na minha vida, porque Kurt estava sorrindo, sabe? E depois você fica pensando: ‘Se ele tivesse conseguido ficar vivo...'”


Crowe havia concluído: "Realmente foi um momento poderoso. Um momento tão humano e é o que aconteceu fora dos holofotes da mídia quando Kurt e Eddie conseguiram se expressar como pessoas".


Esta filmagem foi lançada no documentário "PJ20".

  • Facebook Social Icon
Mais Recentes
Destaques

2016 by RockInTheHead