• by Brunelson

Nirvana: detalhes sobre a intervenção final de Kurt Cobain


A baterista do HOLE, Patty Schemel, lançou o seu livro autobiográfico e falou sobre a intervenção final de Kurt Cobain em Março/1994 - em uma nova entrevista para a revista Out Magazine.


Jornalista: Como foi para você refletir sobre toda a sua vida com tão grande detalhe?


Patty Schemel: Foi muito difícil reviver algumas das mais amargas lembranças e voltar na máquina do tempo para esses momentos. Eu tive uma escritora para o meu livro, então ela e eu conversávamos e eu escrevia também. As nossas sessões de conversa realmente me drenou e me fez sentir tão pesada depois que percebi que não iria conseguir juntar todas as memórias para o livro... Foi difícil e estou feliz que acabei, mas até mesmo falar sobre isso é uma coisa difícil de se fazer.



Jornalista: Uma das memórias mais sombrias no seu livro é sobre a intervenção final de Kurt Cobain, antes dele morrer somente algumas semanas depois. Você ficou nervosa por ser tão honesta no livro?


Schemel: Com essa intervenção foi a experiência com o que eu vi e senti. Foi difícil escrever sobre isso porque Courtney Love tem uma perspectiva totalmente diferente, assim como a perspectiva de Eric Erlandson (guitarrista do HOLE). Fiquei realmente preocupada - mesmo que seja no meu livro - com a interseção da memória deles sobre esse fato, sabe? Não é a mesma perspectiva deles, mas foi o que eu vi. Tenho certeza de que quando Courtney leu o meu livro, ela deve ter se lembrado de diferentes partes daquela situação. Como se ela estivesse realmente surpresa com o fato de eu e Kurt termos saído escondidos da clínica e fazíamos coisas o tempo todo - como encontros secretos para uso de drogas.

  • Facebook Social Icon
Mais Recentes
Destaques

2016 by RockInTheHead