• by Brunelson

Smashing Pumpkins: “gostaria de compor novas músicas com os membros originais”


Depois de anos de contestações, os membros fundadores do SMASHING PUMPKINS, o frontman Billy Corgan e o guitarrista James Iha, haviam se reconciliado em 2016 e a amizade está alcançando novos níveis agora.

Corgan disse ao site Music Week que ele sente "arrepios" quando se lembra das participações de Iha em 03 shows do SMASHING PUMPKINS em Março/2016, na cidade de Los Angeles. Ele também disse que uma reunião com os membros originais seria uma "história de Cinderela".

"Eu não sei... Estou apenas focado no meu álbum solo agora, sabe? Mas me sinto muito confiante nesse momento da minha vida de que não quero voltar a tocar no SMASHING PUMPKINS que não seja com a formação original. Eu não posso mais ficar carregando isso por conta própria e acho que não é mais para ficar desse jeito, pelo menos agora... Eu levei até onde poderia levar e digamos que a banda nunca mais se reforme ou nunca mais toque novamente, sendo que fui eu que parei com o grupo e resolvi me concentrar em um álbum solo agora por alguns anos, e depois de 07 anos, pode ser que eu me sinta inspirado a gravar outro disco do SMASHING PUMPKINS..., eu posso fazer isso, sabe? Eu possuo o nome e depende de mim. Não é algo, tipo: ‘Tem que ser assim e deu’”.

"Eu acho que é um pouco do fim, sabe? Mas eu já disse isso antes e não me sinto declarativo sobre isto, só sinto que chegamos a um ponto em que a memória geracional da banda anula a realidade do grupo, sendo que apenas a banda pode mudar isso (e estou dizendo coletivamente, ‘nós’, de quem ainda está interessado e eu do outro lado). Não posso mudar esta situação porque eu não sou poderoso o suficiente para fazer isso. Eu tentei uma vez e falhei... Somente a alquimia da banda pode mudar essa fórmula e é isso aí. Eu acho que se voltássemos seria bom e uma ótima história”.

“Mas eu vou lhe dizer uma coisa, James e eu fizemos as pazes e lá em 2016 eu lhe disse que adoraria se ele aparecesse para tocar ao vivo com a banda, foi quando James disse que estava interessado. Enviei-lhe uma fita de ensaio mostrando a forma como estávamos tocando as músicas, sendo que resolvemos tocar as canções do álbum 'Siamese Dream' no meio da nossa turnê acústica (2º disco, 1993)”.

"Obviamente ele conhece aquelas músicas, sendo que ele compôs algumas delas, mas até que ele aparecesse para a passagem de som não tocávamos juntos desde 2000, cara. Ele não apareceu para um ‘pré-ensaio’, já estávamos na passagem de som e fazia muito tempo que não tocávamos. Ele ligou o cabo na guitarra e caralho! James começou a tocar, eu comecei a tocar e Jeff Schroeder (guitarrista desde 2007, quando a banda voltou do seu hiato) olhou para mim e falou: 'Aí está! Este som da porra!’”

“Estou tendo arrepios em ficar lhe contando essa história, cara. Porque foi real pra caralho e aquele era o som! Jeff estava, tipo: ‘Oh, meu Deus!’, porque Jeff sempre foi um fã da banda e ele estava presenciando uma parte do SMASHING PUMPKINS retornando naquela noite. Jeff está na banda há 10 anos e ele conhece todas as partes da guitarra de James. Ele tinha ficado de boca aberta com aquela cena e não era como se a metade daquela música estivesse lá, mas ela estava realmente lá”.

“A bela história seria: se o meu álbum solo for bem, ficarei feliz e depois nos reformamos para criarmos novas músicas. Esta seria a história da Cinderela e por 01 vez eu queria que fosse do jeito que gostaria!"

Confira o vídeo clipe de mais 01 clássica canção do SMASHING PUMPKINS, "Disarm", lançada no álbum "Siamese Dream":

  • Facebook Social Icon
Mais Recentes
Destaques

2016 by RockInTheHead