• by Brunelson

Rage Against The Machine: “eu não estaria hoje aqui se não fosse por Zack”


Tim Commerford, baixista das bandas RAGE AGAINST THE MACHINE, PROPHETS OF RAGE e do AUDIOSLAVE, falou sobre a sua relação com o eterno vocalista do RAGE AGAINST THE MACHINE, Zack de la Rocha, em uma nova entrevista para o jornalista Eddie Trunk. Segue alguns trechos:

"Eu resolvi tocar música pela 1ª vez quando estava na 6ª série”.

"Fui inspirado a tocar música por Zack de la Rocha. Ele e eu somos amigos desde que eu estava na 3ª série e ele estava na 2ª série. Crescemos juntos, sabe?”

"Ele tocava guitarra e nós fomos a uma escola na cidade de Irvine/California para assistir um evento de rock. Eles tinham um programa anual que era muito legal, onde qualquer criança na escola poderia se apresentar ou cantar o que quisesse”.

"E então, chegou a hora do pessoal que iria tocar violão se apresentaram e Zack era um excelente guitarrista. Ele era o único garoto que estava com uma guitarra elétrica... Tinha outro amigo meu que se apresentou tocando bateria, além do zelador da escola que era baixista”.

"Me lembro de ter pensado: ‘Deus, eu também posso fazer isso!’ Então, essa escola realmente me inspirou a querer tocar música. Em seguida, Zack... Naquela época eu estava ouvindo muito o SEX PISTOLS, que era a minha banda favorita”.

"E aqui está o meu amigo que conheço desde a infância e que sabia tocar todas as músicas do álbum do SEX PISTOLS, Zack”.

"Então, eu comecei pela... Eu coloquei livros e os trucks do skate no chão para servirem de bateria... O truck é aquela peça debaixo do shape, onde você engata as rodinhas e serve para deslizar nos corrimões. Nos anos 80 eu comecei a andar de skate também”.

"E juntei tudo no chão para servir de bateria, enquanto Zack começou a tocar guitarra e a cantar as músicas do SEX PISTOLS. A música 'Bodies' foi a nossa 1ª merda, porque a palavra ‘Fuck’ era proeminente nas letras”.

"Aquela foi a nossa coisa, sabe? E se meu pai soubesse que eu estava ouvindo aquelas músicas, ele com certeza iria dar uma chinelada na minha bunda. Eu amei aquele momento... Eventualmente, passou daquilo para Zack me ensinando a tocar baixo em um violão”.

"Eu lembro dele pressionando as minhas mãos e dedos pelo braço do violão. Ele dizia: 'Você realmente deve empurrar forte as cordas para as trastes!' Lembro de ter machucado os meus dedos e Zack dizia, tipo: 'Quando você toca baixo, você tem que usar muito bem os seus dedos!'”

"Então, ele me deu o conselho certo e consegui comprar o meu 1º baixo logo depois. Eu era apenas fanático pelo SEX PISTOLS, sabe? Aprendi cada música deles e tocava SEX PISTOLS o tempo todo”.

"E então, um dia, eu estava na casa de Zack e nós estávamos tocando SEX PISTOLS... Lembro que ele tinha uma bateria na sua casa - ele também era um ótimo baterista. Na verdade, Zack é um grande músico em praticamente todos os instrumentos!”

"Ele havia me dito: "Cara, escuta essa banda aqui! Eu quero que você escute com atenção! Presta atenção no baixista dessa banda!’ Ele havia me dado um box do RUSH com os seus 03 primeiros álbuns de estúdio”.

"Eu estava realmente impressionado com aquilo e com a maneira como Geddy Lee tocava (vocalista/baixista). Comecei a percorrer por aquela estrada até me tornar um fanático completo pelo RUSH”.

"Toda aquela minha era descobrindo o RUSH foram verdadeiras aulas de baixo para mim, foi definitivo e ainda sinto isso da mesma maneira”.

"Eu tenho que dar os créditos a Zack por me inspirar a querer tocar música e me inspirando a querer tocar baixo”.

"Eu não estaria hoje aqui se não fosse por ele".

  • Facebook Social Icon
Mais Recentes
Destaques

2016 by RockInTheHead