• by Brunelson

Jerry Cantrell: “Chris Cornell era o último cara que se mataria”


Jerry Cantrell, guitarrista do ALICE IN CHAINS, disse à revista Rolling Stone que Chris Cornell era "o último cara do mundo que eu pensei que se mataria. Essa não era a maneira que o livro deveria terminar e não era assim que o livro estava caminhando”.


Cantrell, cuja banda perdeu o seu vocalista original, Layne Staley, para uma overdose de heroína em 2002, disse que Cornell está representando: "uma forte tensão correndo por Seattle, porque ele sempre foi tão honesto com as coisas desde o momento em que o conheci. Eu compartilho muito das coisas que Chris escreveu em suas letras e há um poder em compartilhar a sua fraqueza com as pessoas que precisam ouvir isso, que elas possam considerar que Chris também estava lidando com este problema. Fazia você pensar que não estava sozinho nessa empreitada".


“Cornell sempre teve a mesma coisa de quando eu vi Layne pela 1ª vez, o compromisso de expor as suas letras com sinceridade e honestidade. Havia algo que eu reconheci nele e aspirava com respeito, pois Chris tinha a sua própria voz e som. Ninguém soa como esse cara e ninguém vai ser como ele”.


"Há um espaço que será sempre vazio por causa disso. Nunca vai fazer sentido e nunca vai responder as nossas perguntas..., e sempre vai nos machucar”.


  • Facebook Social Icon
Mais Recentes
Destaques

2016 by RockInTheHead