Soundgarden: Dr. especialista na área comenta o que levou a morte de Chris Cornell

May 23, 2017

 

Dr. Drew Pinsky, que trabalhou com vários atores, músicos e pessoas comuns como um especialista em dependência química, disse em entrevista para a rádio 95,5 KLOS que, como Chris Cornell era um viciado em recuperação, ele "nunca deveria ter sido exposto ao  remédio Ativan” (para controlar a ansiedade).

 

Ele ainda acrescentou: "Benzodiazepinas podem fazer as pessoas serem suicidas. É a epidemia escondida. As pessoas têm de se lembrar que ainda estamos recebendo conscientizações sobre os opiáceos. Benzos, a longo prazo, quero dizer, mais de 02 semanas de uso, se torna uma classe muito perigosa de medicamentos e fica extremamente perigoso se você tem uma história de dependência química”.

 

Cornell admitiu tornar-se um "usuário de drogas diariamente" com apenas 13 anos e retornando ao uso de drogas depois que o SOUNDGARDEN se desfez em 1997. Ele disse que usou "de tudo", descrevendo-se como um "pioneiro" no uso de OxyContin. Em meados dos anos 2000, ele foi para a reabilitação. "Não tenho certeza se foi o melhor lugar para mim, mas funcionou", disse Cornell mais tarde.

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

  • Facebook Social Icon
Mais Recentes

Pisswand: bandas atuais de Seattle mantendo o legado rock - Parte 4

August 7, 2020

1/5
Please reload

Destaques
Please reload

2016 by RockInTheHead