• by Brunelson

Alice in Chains: confirmado, a banda retornou ao estúdio


O baixista do ALICE IN CHAINS, Mike Inez, revelou em uma nova entrevista para a Framus & Warwick que a banda entrou no estúdio para começar a trabalhar no seu 8º registro. Lembrando que o último disco, “The Devil Put Dinosaurs Here”, foi lançado em 2013.


Segue somente alguns trechos:


"Hoje eu vou sair desse estúdio e vou para outro estúdio, para fazer um monte de barulho, sabe? Estamos sempre fazendo algo e trabalhando duro, é apenas o que fazemos, nós tocamos e geralmente todas as coisas se unem quando estamos juntos. Costumávamos nos preocupar com a gravadora, com o empresário, onde a banda se transformou em um negócio - sendo que ainda há um monte de sábios negócios acontecendo. Quando entramos nesses estúdios, é como se fosse o nosso clube, o lugar que nós sempre vamos. Nós tentamos não nos meter nos negócios, só se preocupando em se divertir”.


“Nós procuramos deixar o nosso ambiente de trabalho divertido um para o outro. Estar no estúdio por 20 horas por dia não é divertido 100%, mas é um ótimo trabalho. Nós tentamos fazer o nosso clube e deixa-lo separado dos negócios. Nós ainda estamos naquela fase embrionária tocando alguns rascunhos para o novo álbum, mas ainda nos reunindo na mesma cidade e conectados na mesma sala. Hoje é realmente o nosso 1º dia no estúdio e eu já estou atrasado, porque estou aqui conversando com você e mostra como ainda somos profissionais”.


Mike Inez disse que ele gostaria de repetir o processo de gravação do EP, “Jar of Flies” (4º registro, 1994), mas que será improvável que aquele mesmo método de composição aconteça no novo álbum de estúdio, devido ao estado atual da indústria da música.


"Tem havido álbuns como o “Jar of Flies”, onde estávamos num período entre as turnês. Nós escrevemos, gravamos, mixamos e terminamos esse disco em 10 dias. Nós lançamos esse EP e eu penso que Jerry tinha uma canção chamada "Don’t Follow”, que era uma das últimas músicas que acabou entrando no registro. Naquele período, nós não tínhamos nada para apresentar no estúdio e tínhamos acabado de nos reunir após o fim de uma turnê. Eu meio que sinto falta daqueles dias, sabe? Nós não fazemos mais discos como aquele. Eu gostaria que mais pessoas fizessem discos como “Jar of Flies”, mas não há orçamentos para fazer experimentos como esse hoje em dia nos estúdios. Normalmente, em um lugar como esse, nós chegamos no estúdio com as músicas elaboradas, sabemos o que vamos tocar, um par de ajustes aqui e ali, regulamos os grooves e tons, e está tudo certo. Na maioria das vezes, sabemos o que estamos fazendo quando entramos nesses lugares, porque tentamos não desperdiçar muito dinheiro quando entramos nessas catedrais especiais".

  • Facebook Social Icon
Mais Recentes
Destaques

2016 by RockInTheHead