Chris Cornell: “relançamentos de álbum é o fim da indústria fonográfica”.

November 29, 2016

 

A banda TEMPLE OF THE DOG está relançando o seu único álbum de estúdio (1991), mas o vocalista Chris Cornell não acha que essa cultura louca de relançamentos é necessariamente uma coisa boa para a música. Ele falou sobre isso em uma nova entrevista para o jornal britânico The Guardian.

 

"Depois da internet, as gravadoras e empresas descobriram que a maneira mais fácil de ganhar dinheiro, era relançar os seus registros que há anos eles pagaram o direito de adquiri-los - e que já faziam lucro desde então. Toda banda, quando relança um álbum de aniversário, ajuda a prejudicar todo este processo... É a marca de pontuação do fim da indústria fonográfica".

 

Cornell disse que o único álbum de estúdio do TEMPLE OF THE DOG foi feito pelas razões certas.

 

"Nós fizemos o álbum em um período muito curto de tempo com quase nenhum dinheiro e sem ensaiar. Funcionou porque os nossos corações estavam no lugar certo e não havia expectativas".

 

De fato, Cornell ainda falou de quando eles entregaram o álbum para a A&M Records: "quando a gravadora recebeu o registro, eles pareciam tratá-lo como se fosse um simples projeto vaidoso do vocalista da banda".

 

O álbum do TEMPLE OF THE DOG foi feito em homenagem/tributo ao ex-vocalista do MOTHER LOVE BONE, Andrew Wood, que havia falecido recentemente. Ele era amigo e dividia o mesmo apartamento com Chris Cornell.

 

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

  • Facebook Social Icon
Mais Recentes

Ramones: assista a entrevista da banda na TV americana em 1988

June 5, 2020

1/5
Please reload

Destaques
Please reload

2016 by RockInTheHead