Alice in Chains: Jerry Cantrell falando sobre continuar sem Layne Staley.

October 17, 2016

O guitarrista do ALICE IN CHAINS, Jerry Cantrell, foi entrevistado pela rádio KLOS-FM no programa Jonesy’s Jukebox e dentre vários assuntos, segue o trecho onde ele fala sobre continuar na estrada sem Layne Staley (ex-vocalista do ALICE IN CHAINS).

 

Ele disse: "Bem, nós como uma banda estávamos mortos, assim como o nosso amigo Layne, então, você sabe, não havia nada rolando e não havia qualquer intenção em se fazer qualquer coisa. Então, sim, isso foi provavelmente a coisa mais difícil que eu ou nós como uma banda já fizemos, porque levou uma incrível quantidade de esforço para voltarmos a ativa, para ter uma chance em compor músicas novas, para convidar um novo vocalista que nós já sabíamos que as pessoas iriam compara-lo a Layne - mesmo que eles sejam 02 caras completamente diferentes com 02 tipos de sons diferentes, sabe? Mas nós fizemos isso e estamos indo para 10, 11 anos nessa nova formação... Nós fizemos 02 álbuns de estúdio e uma tonelada de passeios em turnês desde que William Duvall assumiu os vocais, sendo que tivemos muito sucesso até aqui também. Lembrando que a maioria dos nossos fãs têm vindo junto com a banda nos apoiando onde quer que vamos".

 

Ele acrescentou: "Nesta era cibernética em que vivemos, há sempre um pequeno contingente de haters que ficam falando sobre William nos vocais... Bem, essas pessoas simplesmente não gostam de nada e elas se tornam idiotas com esses comentários quando ultrapassam o respeito e nos ofendem. Nós tivemos um pouco dessa situação no começo, assim como qualquer banda tem quando trocam de vocalista, mas a nossa foi de uma forma exagerada... Quero dizer, o que você vai fazer? O seu irmão morreu e essa é a sua música, é a sua banda. Nós queríamos continuar e o que era mais importante para nós é que nos sentíssemos bem com isso e caminhamos conforme cada passo que dávamos. Eu não tinha planos de fazer nada mais do que: 'Hey, vamos fazer 01 show'. E depois, falamos: 'Hey, vamos fazer alguns shows'. Para que depois, falássemos: 'Hey, espere 01 minuto! Isso foi bem legal! Vamos fazer uma turnê então’. Depois, nós estávamos chegando com algumas músicas novas e pensamos em gravar um álbum de estúdio. Não tínhamos sequer um contrato de gravação, onde fizemos todo o registro por conta própria. Nós gravamos aquele álbum com o nosso próprio dinheiro e depois mandamos para a gravadora com ele já em mãos. Foi como, tipo: ‘Aqui está, o 1º single do nosso novo álbum, a música 'Check My Brain’" (referente ao 6º trabalho de estúdio, "Black Gives Way to Blue", 2009).

 

Ele finalizou: "Então, tem sido legal sabe? Tem sido difícil às vezes, mas vale a pena todo o trabalho duro que damos. E quer saber? Vale a pena continuar, não só por honrar Layne Staley, mas também por nos honrar tão bem. E, em cima disso, todas as pessoas que aparecem em nossos shows quando tocamos, cara, nós estamos honrando-os também, por nos apoiar e pela nossa música ainda ter importância para a vida deles".

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

  • Facebook Social Icon
Mais Recentes

Pearl Jam: resenha do álbum "Lost Dogs" pelos membros da banda - Disco 2

December 9, 2019

1/5
Please reload

Destaques
Please reload

2016 by RockInTheHead